Propaganda Google:
Propaganda Google:

Gastrostomia

A Gastrostomia é uma intervenção cirúrgica que proporciona uma ligação direta entre o exterior e o estômago, desfazendo o trajeto natural da digestão, boca, laringe e então estômago. O objetivo da Gastrostomia é justamente impedir que os alimentos fluam pela via normal em função de patologia ou disfunção anatômica, ou mesmo para que seja minimizado o risco de infecção após procedimentos cirúrgicos.

Cuidados com a Gastrostomia

A ferida operatória deve ter aspecto saudável, limpo, seco e sem pruridos ou líquidos circundantes. As substâncias drenadas para a bolsa coletora incluem enzimas digestivas muito agressivas, inclusive para a pele. Essas secreções em contato direto com a pele podem ocasionar lesões com alto potencial infectante. O local NÃO pode ter febre (aquecimento ao redor da ferida), bem como a temperatura do paciente deve ser monitorada constantemente.

O curativo da Gastrostomia deve ser trocado a cada 2 ou 3 dias, ou conforme o aspecto do curativo. Sujidades, sangramento, prurido e exsudato (líquido purolento, seroso) fazem com que o curativo deva ser trocado para minimizar o risco de infecção da ferida.

Qualquer sangramento no local da ferida, ou mesmo disperso no material drenado (fezes) é sintoma de anormalidade. Comunicar imediatamente a equipe de cuidados se isso ocorrer.

Propaganda Google:
Propaganda Google:
 
Propaganda Google:
 
 
Equipe Enfermagem - © 2011-2015