Propaganda Google:
Propaganda Google:

Eliminações

Sondagem Vesical de Alívio

A sonda vesical de alívio serve para o esvaziamento imediato da bexiga sem a permanência da sonda, sendo retirada após o alívio da bexiga. A Sondagem Vesical de Demora, é instalada e deixada pelo tempo estipulado pela equipe médica conforme a abordagem terapêutica adotada.


Sonda Vesical de Alívio

Antes da prescrição da sonda vesical de alívio, devemos adotar técnicas não invasivas para o reconforto do sistema urinário:

  • Incentivar a ida ao sanitário e acompanhar o paciente adotando medidas que o deixem relaxado e confortável para urinar naturalmente.

  • Em casos de paciente acamado ou cuja locomoção lhe crie uma situação penosa ou desconfortável, oferecer os recipientes sanitários (papagaio no caso masculino e comadre no caso feminino), e proceder com calma e tranquilidade para que a eliminação transcorra naturalmente.

  • Na cama elevar a cabeceira e flexionar os joelhos pode ajudar a aliviar a tensão da musculatura pélvica, proporcionando alívio da compressão desses músculos nas extremidades do sistema urinário. Isso pode liberar a urina sem necessidade da sondagem vesical de alívio.

  • A aplicação de calor local, no ventre, logo abaixo do umbigo, auxilia no alívio da tensão da musculatura pélvica, estimula a circulação local e naturalmente relaxa a musculatura.

  • O barulho de água correndo (torneira aberta ou fio de água vagarosamente entornada num copo), também serve de estimulo psicológico válido para se evitar utilizar a sondagem vesical de alívio.

  • Cuidado com a ingestão excessiva de líquidos. Alguns problemas renais, pela retenção de líquidos, comprometem o balanço hídrico e consequentemente a regulação eletrolítica do paciente, podendo causar distúrbios perigosos à fisiologia humana.

Em caso de paciente diagnosticado com alguma patologia renal seguir rigorosamente a prescrição da equipe médica. Os procedimentos de sondagem vesical de alívio e sondagem vesical de demora devem ser adotados apenas com a prescrição de profissional técnico habilitado.

Não havendo sucesso na estimulação natural, o procedimento de sondagem vesical de alívio é simples: introduz-se uma sonda, cateter estéril de sondagem pela uretra, até chegar à bexiga; imediatamente a urina é expelida causando sensação de conforto e alívio; cessada a drenagem da urina, retira-se o cateter e se despreza o material.

Após a sondagem vesical de alívio alguns cuidados devem ser observados:

A introdução do cateter causa microlesões no canal da uretra, quando ocorrer a passagem da urina após este procedimento pode causar pequeno desconforto e/ou ardência.

Redobrar o cuidado com a higiene íntima (região perianal).

Observar alterações locais ou sintomas como dor, febre, secreções, vermelhidão (hiperemia) local; comunique à Equipe Enfermagem e à Equipe Médica que lhe acompanha.

Pessoas com histórico de infecções urinárias frequentes devem informar à Equipe Médica que a acompanha que será realizado sondagem vesical. Em alguns casos pode ser necessário tomar medidas preventivas a eventuais processos infecciosos decorrentes do procedimento.

Propaganda Google:
Propaganda Google:
 
Propaganda Google:
 
 
Equipe Enfermagem - © 2011-2015